Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2015

El socio asiático avanza, el bloque regional hiberna

Por Raul Ochoa* 



El viaje a América del Sur del primer ministro chino y su visita a Brasil, Colombia, Perú y Chile se inscribe en la ofensiva de inversiones, créditos y afianzamiento de su estrategia geopolítica de ocupar espacios, sacando provecho de la enorme acumulación de reservas de su etapa anterior de desarrollo, donde obtuviera saldos muy favorables de su balance comercial y de la balanza de cuenta corriente hasta llegar a 3,8 billones de dólares.
La actual etapa es diferente en varios sentidos, pero uno de los más destacados es la creación de vínculos bilaterales, regionales y multilaterales a través de bancos, el de BRICS que comienza a funcionar este año, el de Infraestructura para el Desarrollo de Asia que ha dejado en soledad a Estados Unidos y Japón y el de la “nueva ruta de la seda”, que es por tierra y mar, atravesando el Océano Índico para llegar al puerto del Pireo (Grecia) que es de su propiedad. En América del Sur, hay un socio preeminente, Brasil, destino ya de un…

A internacionalização de empresas e a competitividade industrial

por Alessandra Nascimento (*)

O ato de internacionalizar uma empresa é algo mais do que simplesmente vender os produtos do país de origem ao exterior. A coluna Logística Portuária dessa semana vai tratar desse tema: a internacionalização de empresas. Primeiro, vale ressaltar que ela envolve investimentos diretos em terceiros países – que pode ser desde uma simples representação comercial até a uma instalação produtiva – para se tornar mais competitivo internacional e nacionalmente. Pensando estrategicamente, estamos falando no aumento das vendas e da lucratividade, market share, diminuição da dependência do mercado nacional e isso se mostra excelente ferramenta para momentos de crise, a partir da melhoria da capacidade ociosa da empresa, acesso a novas tecnologias. As perguntas a serem feitas pelo gestor da empresa quando começa a pensar em se internacionalizar devem ser: meu produto está apto a competir no mercado internacional? Para onde vou exportar ? Como devo realizar a exportaçã…

Os desafios para uma integração regional

por Alessandra Nascimento (*)

A falta de uma maior integração regional está sobre os principais problemas da América do Sul. Vamos abordar este tema na coluna Logística Portuária dessa semana. Integrar para competir num mundo cada dia mais globalizado é uma ferramenta eficaz para assegurar o desenvolvimento econômico. Neste contexto é possível perceber tentativas tais como os projetos de integração regional com o Chile – ligação entre o estado do Mato Grosso do Sul até o oceano Pacífico – passando pela Bolívia destinando-se até o porto do Chile.  Ao todo seriam 2,7 mil quilômetros e impactariam reduzindo em 30% os custos da soja e diminuindo em sete dias a viagem até a China. É interessante recordar que outras duas alternativas também seriam alvo de estudos em substituição ao percurso em solo boliviano: uma via Paraguai e a terceira passaria pelo território argentino, ambas com destino final também no Chile Entretanto, de acordo com o Departamento Técnico do Sistema Federação da Agric…